sexta-feira, Agosto 22, 2014

Lito Vidigal desvaloriza cansaço do Nacional

- " Equipa madeirense jogou com Dinamo Minsk
O treinador do Belenenses destacou, esta sexta-feira, as qualidades do Nacional, próximo adversário na Liga, mostrando-se convicto que os madeirenses não vão surgir cansados domingo no Restelo, depois da partida europeia na Bielorrússia.

A formação insular deslocou-se ao terreno do Dinamo Minsk, na quinta-feira, para disputar a primeira mão do "playoff" de acesso à fase de grupos da Liga Europa (derrota por 2-0), mas, ainda assim, Lito Vidigal não antevê qualquer vantagem do Belenenses na partida da segunda ronda do campeonato.

"Não acredito que [a equipa do Nacional] esteja mais cansada. Estas equipas preparam-se para fazerem três jogos por semana, portanto não acredito que faça grande diferença. Apesar da longa viagem, sei que vieram em vôo 'charter' e descansaram mais que o normal", referiu o técnico, em conferência de imprensa.

Dessa forma, Lito Vidigal espera um adversário "forte, com qualidade e que todos os anos luta por objetivos europeus", pelo que o Belenenses terá de se apresentar de forma "agressiva e ambiciosa", à semelhança do que sucedeu no triunfo sobre o Penafiel (3-1), na primeira ronda.

"Temos de nos preocupar connosco e fazer o nosso trabalho, dando tudo em campo. Se fizermos isso, sou um treinador feliz. O importante é que nós mantenhamos os nossos princípios e sejamos uma equipa agressiva, ambiciosa, organizada e sempre com a intenção de vencer", afirmou.

O técnico do conjunto de Belém confirmou a ausência de Fábio Sturgeon frente ao Nacional, tendo lamentado a lesão sofrida pelo jovem, que tem estado em destaque neste início de época. Por outro lado, a pouco mais de uma semana do fecho do "mercado" de transferências, Lito Vidigal confirmou que ainda aguarda pela chegada de mais reforços, em particular um lateral direito.

"Gostava que entrassem mais jogadores. Estamos a jogar com o Palmeira na posição de lateral direito e ele é central de raiz. Acredito que entrem alguns jogadores que possam tornar o coletivo mais forte", concluiu.

Lito Vidigal quer equipa «agressiva, ambiciosa e organizada»

Lito Vidigal, treinador do Belenenses (foto ASF)
- " O Belenenses segue no campeonato com vantagem sobre o Nacional depois de, na primeira jornada, ter roubado três pontos ao Penafiel. Os insulares, por seu lado, perderam em casa com o Moreirense na primeira partida da época e, ontem, sofreram nova derrota com o Dínamo de Minsk, num jogo da primeira mão do play-off de acesso à Liga Europa.

Apesar destes fatores, para o treinador dos azuis do Restelo, Lito Vidigal, não deixará de ser um desafio receber a equipa comandada por Manuel Machado.

«O Nacional não vem mais cansado, de certeza. É uma equipa que já se tem vindo a preparar para ter jogos três vezes por semana. Vamos defrontar uma equipa forte, que nos últimos anos nos tem habituado a que está a jogar para entrar nas competições europeias, tem muita qualidade. Como eu digo aos meus jogadores, temos de preocupar-nos connosco e com o nosso trabalho e dar tudo em campo», considerou o treinador, Lito Vidigal, na conferência de imprensa de antevisão da segunda jornada, no domingo.

Belenenses e Nacional já se defrontaram neste ano desportivo, num jogo de preparação na fase da pré-temporada, em Rio Maior. O resultado foi um empate a uma bola.

«Cada jogo tem a sua história. O nosso objetivo é ser uma equipa agressiva, ambiciosa e organizada e que joga para vencer», concluiu

Sturgeon pode falhar Nacional

Fábio Sturgeon (foto ASF)
- " Fábio Sturgeon está em dúvida para o jogo com o Nacional devido a uma lesão muscular na perna direita, noticia A BOLA.

Serginho, no Restelo por empréstimo do Benfica, também deve ficar de fora das opções de Lito Vidigal.

quinta-feira, Agosto 21, 2014

Fredy é o único "português" em Angola

- "  campeonato luso representado pelo extremo azul
O médio Fredy, do Belenenses, é o único jogador a atuar no campeonato português convocado por Angola para a jornada dupla de qualificação para a fase final da Taça das Nações Africanas (CAN) de 2015. A convocatória dos 27 jogadores que vão disputar as primeiras partidas desta qualificação, com o Gabão (6 de setembro, em Libreville) e com o Burkina Faso (10 de setembro, em Luanda), foi revelada esta quinta-feira pelo selecionador angolano Romeu Filemon.

Os "Palancas Negras" realizaram este mês três jogos particulares de preparação, sem sofrerem qualquer derrota, casos da Etiópia (1-0), Petro de Luanda (3-0) e Botsuana (0-0). Destas partidas, disputadas em Luanda, surgiram as primeiras escolhas do selecionador nacional para a estreia em jogos oficiais, depois de um processo de preparação que arrancou em fevereiro. "Vamos todos trabalhar em conjunto para que a nossa seleção consiga bons resultados no torneio de apuramento e consequentemente a nossa qualificação para Marrocos", assumiu Romeu Filemon, depois de divulgar os 27 convocados para a jornada dupla. Dos 27 jogadores chamados, mais de metade atuam fora de Angola, sendo Fredy, do Belenenses, o único proveniente do futebol português, autor do golo com que Angola derrotou a Etiópia, no particular deste mês.

A seleção angolana vai disputar com as congéneres do Lesoto, Burkina Faso e Gabão o acesso à fase final da CAN, competição que se realiza em 2015 em Marrocos. Os "Palancas Negras" estão inseridos no grupo C, um dos sete de apuramento, e a última jornada joga-se a 19 de novembro, com Angola a viajar até ao Burkina Faso. Para este torneio continental apuram-se 15 seleções nacionais africanas, além de Marrocos, anfitrião desta 30.ª edição da CAN. Têm apuramento direto os primeiros dois classificados de cada grupo, sobrando uma vaga para o terceiro melhor classificado de todos os sete grupos.

Fredy chamado para apuramento do CAN

Fredy (foto SÉRGIO COSTA - ASF)
- " Fredy, avançado do Belenenses, integra os 27 convocados do selecionador de Angola, Romeu FIlemon, para a dupla jornada de apuramento para o Campeonato Africano das Nações, frente a Gabão e Burkina Faso.

O atacante dos azuis, de 27 anos, tem estado presente nas últimas convocatórias de Romeu Filemon. Angola defronta o Gabão a 6 de setembro, em Libreville, e o Burkina Faso a 10 de setembro, no Estádio 11 de Novembro, em Luanda, em partidas que contam para o Grupo C (onde também está o Lesoto) de apuramento para o CAN 2015, que se jogará em Marrocos.

Lista de convocados:

Guarda-redes: Landu (Recreativo do Libolo), Helber (Benfica de Luanda) e António Dominique (Lumon Lausanne FC)

Defesas: Bastos (Rostov), Buatu (Fulham), Kusunga (Oldham), Abdul (Petro de Luanda), Gomito (Recreativo do Libolo), Natael (Sagrada Esperança), Miguel (Benfica de Luanda) e Carlitos (Recreativo do Libolo).

Médios: Rében (Recreativo da Caála), Adão (Progresso do Sambizanga), Chara e Gilberto (Petro de Luanda), Geraldo (Curitiba), Rudy (Corunha), Dolly Menga (Lierse), Fredy (Belenenses), Djalma (Konyaspor), Ary Papel (1º de Agosto), Vado (Benfica de Luanda) e Clinton Mata (Sport Charleroi)

Avançados: Manucho (Rayo Vallecano), José Vunguidica (SV When Wiesbaden), Alexander Cristóvão (FC Cambuur) e Igor Vetokele (Charlton)

Serginho: «Gosto de arriscar e sair a jogar»

- " Uma boa campanha no Campeonato Nacional de Seniores (CNS) ao serviço do Bragança despertou o interesse do Benfica, que o contratou e o emprestou esta temporada ao Belenenses. Falamos de Serginho, central de 21 anos, que se prepara para a estreia no principal escalão do futebol nacional. Acabado de chegar ao Restelo, o defesa ainda recupera à parte de uma entorse, mas não esconde a ambição de conquistar o seu espaço no eixo do sector mais recuado dos azuis.

Visivelmente satisfeito no início desta nova etapa da sua carreira, Serginho define-se e revela objetivos. “Sou um central simples, rápido, preciso no passe curto e gosto de arriscar e sair a jogar. Também subo à área contrária para tentar marcar e bato bem livres”, revela o defesa, que, confrontado com a concorrência de cinco jogadores para a mesma posição – João Meira, João Afonso, Gonçalo Brandão, Palmeira e André Teixeira –, não se atemoriza. “Quando há jogadores com qualidade superior à nossa, temos de saber respeitar até conseguirmos agarrar a nossa oportunidade. É bom termos rivalidade, porque nos faz crescer, mas vou lutar e, se surgir a ocasião, estarei pronto para corresponder”, afirma com convicção.

A filosofia de Lito

A meta de chegar à Liga principal não constituiu surpresa para Serginho, “em função da boa campanha do ano anterior”. A partir de agora, o objetivo é conseguir sempre mais e corresponder àquilo que Lito Vidigal, “um homem frontal e direto”, lhe pediu.

“Eu sou mais um para ajudar e o técnico transmitiu-me a mensagem que temos de ser melhores, combativos, guerreiros, lutando sempre para fazermos coisas diferentes, garantindo que adotando essa filosofia, serei bem-vindo. No fundo, agradou-me o discurso do técnico e quero conquistar o meu espaço. Sempre tive a meta de chegar à 1.ª Liga, mas é bom conquistar sempre mais coisas”, sublinha.

É, aliás, com base na confiança revelada que Serginho mostra otimismo em relação a uma boa época. “Temos um coletivo forte e tenho a certeza que vamos conseguir rapidamente a permanência na Liga”, refere, não descurando a hipótese de “lutar por metas mais ambiciosas”.

quarta-feira, Agosto 20, 2014

Serginho chega por empréstimo do Benfica

Serginho (foto ASF)
- " Serginho, defesa-central de 20 anos dos quadros do Benfica, realizou ontem, terça-feira, o primeiro treino com o plantel do Belenenses.

Confirma-se, assim, a notícia avançada em exclusivo e em primeira mão por A BOLA na passada quinta-feira, que dava conta do empréstimo do jogador, contratado pelos encarnados ao Bragança, ao clube do Restelo até final da época.

«Foi algo natural. O Benfica viu que este empréstimo era o melhor para mim e a minha vontade também ajudou», disse Serginho.

terça-feira, Agosto 19, 2014

Ricardo Alves acertou desvinculação

Ricardo Alves (à direita) analisa propostas (foto )
- " O médio Ricardo Alves, de 21 anos, acertou a desvinculação com o Belenenses.

De acordo com a A BOLA, depois de ter estado no Portimonense por empréstimo, foi informado de que não entrava nas contas do treinador Lito Vidigal.

Camará estranha-se e depois entranha-se

- " Avançado fez duas assistências para golo
“Primeiro estranha-se, mas depois entranha-se...” Pode muito bem ser este o ditado popular que melhor define esta nova aventura de Abel Camará no Belenenses, clube ao qual regressou esta temporada. A sua contratação, já se sabe, gerou muita contestação por parte dos adeptos, que até consideraram o avançado “indigno” de vestir a camisola do Belenenses, por alegadas atitudes deste aquando da sua primeira passagem pelo clube.

O que gerou concórdia foi mesmo o pedido de desculpas do jogador, ao qual os adeptos responderam com aplausos, depois dos assobios... O avançado não passou de vilão a herói, nem mesmo pelo facto de ter feito dois golos na pré-época, mas os elogios começaram então a ouvir-se e, “a posteriori”, a intensificar-se. E isto porquê? Porque o avançado efetuou dois passes para golo na vitória do Belenenses sobre o Penafiel, na 1.ª jornada da Liga, o que faz com que lidere a tabela de assistências “ex aequo” com o benfiquista Gaitán.

Abel Camará nunca revelou ser um avançado goleador, como se constata pelos números registados tanto no Belenenses como no E. Amadora, Beira-Mar ou Petrolul Ploiesti (Roménia). Também por isso, o avançado internacional sub-21 – que costumava jogar no eixo do ataque da equipa – está a atuar no lado direito dos azuis, no esquema de 4x2x3x1 de Lito.

Por ser veloz e dar profundidade ao flanco, Camará tem correspondido ao que o treinador pretende de um jogador que atue nessa posição, pois revela capacidade de rutura, apetência para finalizar e, como se viu no jogo de anteontem, assistir.

Aos 24 anos, e após ultrapassar os problemas da pré-época, o avançado do Belenenses pode muito bem ser um dos jogadores em destaque do campeonato: pelo menos o início é prometedor – que o digam Sturgeon e Deyverson, que marcaram a passe de Abel Camará.

segunda-feira, Agosto 18, 2014

domingo, Agosto 17, 2014

«Jogámos sempre para ganhar» - Lito Vidigal

Lito Vidigal (foto ASF)

- " Lito Vidigal considera que a vitória do Belenenses em Penafiel, por 3-1, não merece contestação.

«Jogámos sempre para ganhar. Foi um jogo bem disputado e em que toda a gente se divertiu. Alguns jogadores ainda estão a ganhar confiança, mas penso que isso é normal nesta altura. Estivemos bem nas transições e penso que isso foi evidente e decisivo, analisou.

Belenenses surpreendeu em Penafiel

- " Equipa de Belém começou cedo a ganhar e nunca mais perdeu o rumo frente à equipa mais portuguesa do campeonato.
O Belenenses deslocou-se este domingo ao terreno do Penafiel para impor uma vitória, por 3-1, ensombrando o regresso do clube duriense à I Liga após oito anos de ausência.

No Estádio 25 de Abril, na jornada inaugural do campeonato, Fábio Sturgeon inaugurou o marcador, a favor do Belenenses, enquanto o Penafiel, com uma equipa 100% portuguesa, empatou num penálti de João Martins, que estabeleceu o resultado ao intervalo. No segundo tempo, Deyverson e Miguel Rosa consumaram o triunfo "azul".

O Belenenses chegou cedo ao golo, apesar de o Penafiel ter entrado mais forte e agressivo. Depois de um bom trabalho de Abel Camará, que fugiu de Paulo Grilo e centrou para o coração da área, Fábio Sturgeon recebeu a bola e inaugurou o marcador para a formação de Belém, aos 6 minutos.

O Penafiel tentou responder à desvantagem e conseguiu impor ainda mais equilíbrio ao encontro.

Logo após a meia hora, e resultado da pressão, João Martins, em posição frontal, rematou à baliza, mas a bola acabou por ser travada por João Afonso. O árbitro considerou que o central desviou a bola com o braço e assinalou grande penalidade.

João Martins foi chamado a marcar e não desperdiçou a oportunidade igualando a partida, aos 33 minutos.

Três minutos depois, o Belenenses teve oportunidade de se colocar novamente na frente, mas Coelho negou o golo. Após um cruzamento da direita, João Afonso cabeceou com muito perigo mas o guarda-redes penafidelense defendeu em cima da linha de golo.

Depois do intervalo, a equipa de Belém entrou rápida, voltando a surpreender o Penafiel nos minutos iniciais.

Sturgeon no lado direito deixou a bola para Abel Camará que fez um cruzamento perfeito para Deyverson. O jogador do Belenenses aproveitou alguma passividade de Capela e cabeceou, com facilidade, para a baliza penafidelense, fazendo o segundo, aos 50 minutos.

O Penafiel tentou reagir, mas, mesmo com o Belenenses a perder velocidade com o passar do tempo, não conseguiu voltar a marcar, apesar de algumas ameaças.

Em cima do apito final, Miguel Rosa confirmou a vitória da equipa lisboeta com o terceiro golo, em período de compensação (90+5).

Lito Vidigal: «Jogámos sempre para ganhar»

 - " Elogia exibição diante do Penafiel
Lito Vidigal gostou da sua equipa no encontro deste domingo frente ao Penafiel, que os azuis do Restelo venceram por 3-1.

"Jogámos sempre para ganhar e foi isso que aconteceu. Foi um jogo bem disputado e em que toda a gente se divertiu", considerou o técnico da formação lisboeta.

Vidigal lembrou que foi apenas a primeira jornada mas realçou pontos muito positivos na sua equipa: "Alguns jogadores ainda estão a ganhar confiança, mas penso que isso é normal nesta altura. Estivemos bem nas transições e penso que isso foi evidente e decisivo".

Destaques do Penafiel-Belenenses, 1-3; Deyverson não engana

Penafiel-Belenenses, 1-3 (destaques)

- " A figura: Deyverson
Uma constante dor de cabeça para a defensiva do Belenenses. Tem 23 anos, chegou a Portugal para o Benfica B mas tem-se destacado na frente de ataque dos azuis do Restelo. Fundamente nos últimos jogos da época passada, surgiu em Penafiel como a unidade mais ofensiva e respondeu com pormenores de grande qualidade. Chegaria mesmo ao golo no reatamento, com um cabeceamento de belo efeito, sem hipóteses para Coelho.

O momento: segunda dose de Camará
O Penafiel tinha anulado a primeira desvantagem e prometia aumentar a pressão na etapa complementar. Porém, o Belenenses voltou a denotar maior clarividência nos processos ofensivos e marcou novamente ao quinto minuto. Mais uma assistência de Abel Camará, que jogou sobre a direita, e Deyverson a responder da melhor forma. Os locais não conseguiram responder.

Outros destaques:

Fábio Sturgeon
O seu posicionamento, no espaço entre os médios e os centrais do Penafiel, foi determinante para a boa entrada do Belenenses em campo. O jovem internacional português pretende afirmar-se no escalão principal e deixou um bom cartão-de-visita. Após 17 jogos e 0 golos na Liga 2013/14, o primeiro festejo ao quinto minuto de jogo em Penafiel. Bem a surgir na zona do ponta-de-lança para o desvio.

Abel Camará
Duas assistências para um homem que costuma andar pelas áreas contrárias. Desta vez, surgiu no lado direito do ataque e comprovou a sua utilidade. Os adeptos do Belenenses, que não esquecem um episódio polémico do jogador na anterior passagem pelo clube, terão ficado agradados.

Miguel Rosa
Jogou no flanco esquerdo do ataque do Belenenses e Tony sentiu enormes dificuldades para o travar. Na etapa complementar, Ricardo Chéu assumiu o risco e jogou sem o lateral direito, dando mais espaço a Rosa. Este viria a fixar o resultado final, a passe de Fredy.

Lito Vidigal: «No geral as pessoas gostaram do jogo»


Lito Vidigal: «No geral as pessoas gostaram do jogo»

- " Lito Vidigal, treinador do Belenenses, comentou desta forma o triunfo da formação do Restelo em Penafiel (1-3):

«Acho que foi um bom jogo de futebol, entre duas equipas que lutam pelos mesmos objetivos. Foi bem disputado, muitas vezes bem jogado. Tivemos a felicidade de fazer golos nos momentos cruciais, podíamos ter feito mais um ou outro, acho que no geral as pessoas gostaram do jogo. Os meus jogadores mereceram esta vitória, tiveram mentalidade forte e o resultado cai-lhes bem. Foi importante marcar cedo, há alguns jogadores que ainda não têm tanta confiança, alguns deles estão a fazer a segunda época na Liga. O objetivo era a vitória, conseguimos e aos poucos os jogadores vão crescendo.»

Penafiel-Belenenses, 1-3 (crónica)


Penafiel-Belenenses, 1-3 (crónica)
- " A CRUZ FICOU A NORTE
O Penafiel, cumprindo a tradição, não venceu na jornada inaugural da Liga. Aliás, de volta ao escalão principal, a formação duriense deu um tremendo passo em falso, perdendo em casa frente a um adversário direto. Triunfo natural do Belenenses, mais maduro, deixando a Cruz a norte. Muito trabalho à vista para Ricardo Chéu, mérito para a estratégia montada por Lito Vidigal.

Uma boa notícia neste regresso do Estádio 25 de abril ao mapa da Liga: a aposta em jogadores portugueses. O Penafiel entrou em campo com um onze cem por cento nacional, enquanto Lito Vidigal respondeu com oito portugueses de início no Belenenses. De louvar.

Ricardo Chéu, oriundo do Académico de Viseu, assumiu o comando técnico dos durientes face à saída de Miguel Leal para o Moreirense. O jovem treinador (33) surgiu como adjunto na ficha de jogo, com Eduardo Luís no papel principal. Apenas no papel, lá está.

O recinto apresentou meia cara lavada neste regresso à Liga, enquanto a outra metade continua em obras, com naturais embaraços. Muito por fazer a menos de dois meses da receção a um grande, o Sporting.

Voltemos aos onzes, com essa forte presença nacional. Ricardo Chéu apostou na raça e apresentou várias caras novas em relação à época passada, com naturais reflexos na identidade da equipa. No Belenenses, maior noção de continuidade e experiência na Liga, evidente ao longo do encontro.

Lito Vidigal, ainda a reclamar contratações de qualidade, ousou com um 4x2x3x1, Fabio Sturgeon nas costas de Deyverson, a baralhar as marcações contrárias. A atitude positiva valeu um golo precoce. Abel Camará ganhou espaço na direita e cruzou para o desvio de Sturgeon, na zona do ponta-de-lança. Primeiro golo do jovem internacional português no escalão sénior.

O Penafiel denotava ansiedade e a clarividência de João Martins (irmão de Carlos) parecia insuficiente para arrumar a casa e conduzir a equipa em direção à baliza de Matt Jones. As melhores oportunidades, aliás, continuaram a pertencer ao Belenenses, mas a equipa da casa chegaria mesmo ao empate, na sequência de uma grande penalidade. João Afonso terá desviado com o braço na área, permitindo a João Martins assinar o 1-1. O árbitro mostrou o cartão amarelo ao central.

Ao intervalo, substituição aparentemente forçada nos locais. Bura saiu para dar lugar a Capela e o jogador ex-Académico Viseu entrou mal. Novo golo visitante ao quinto minuto, desta vez na etapa complementar. Mais uma assistência de Abel Camará, desta vez pelo ar, e belo cabeceamento de Deyverson, um dos melhores em campo.

Ricardo Chéu respondeu com crescente ambição. Primeiro Vítor Bruno para a esquerda, depois o sacrifício do lateral direito Tony para a entrada de Guedes, um homem para se juntar a Rabiola na frente. O Belenenses recuava progressivamente as suas linhas, sem deixar de se assumir como a equipa mais tranquila e clarividente nas transições ofensivas.

Guedes ainda procurou o empate, na fase de maior pressão dos locais, mas seriam os homens do Restelo a fixar o resultado final, de forma justificada. Iniciativa de Fredy, que entrou bem no jogo, e Miguel Rosa a balançar as redes contrárias. 

Belenenses vence Penafiel (3-1)


 - " O Belenenses deslocou-se este domingo ao reduto do Penafiel, onde alcançou uma vitória por 3-1, numa partida em que os comandados de Lito Vidigal estiveram em muito bom plano.

Sturgeon, aos seis minutos do encontro, fez o 1-0 para o Belenenses, resultado que se manteve até pouco depois da meia-hora de jogo, quando João Martins, da marca de grande penalidade, castigou os azuis por uma falta de João Afonso dentro da grande área.

Já na segunda parte, Deyverson, aos 51 minutos, colocou o Belenenses novamente em vantagem, e Miguel Rosa, nos descontos, confirmou o triunfo da equipa do Restelo.

sábado, Agosto 16, 2014

Lito Vidigal chama 18 para Penafiel


Lito Vidigal (foto ASF)
- " O treinador do Belenenses, Lito Vidigal, revelou este sábado a convocatória para a deslocação ao terreno do Penafiel, no domingo, em encontro da primeira jornada da Liga.

O técnico luso-angolano chamou 18 jogadores para este desafio, deixando de fora Gonçalo Brandão, André Teixeira, Tiago Caeiro e Fábio Nunes.

Lista de convocados:

Guarda-redes: Matt Jones e Rafael Veloso;

Defesas: Daniel Martins, Filipe Ferreira, Palmeira, João Afonso e João Meira;

Médios: Bruno China, Danielsson, Rodrigo Dantas, Miguel Rosa e Tiago Silva;

Avançados: Camará, Adilson, Deyverson, Fábio Sturgeon, Fredy e Mailó.

Lito Vidigal: «Época mais tranquila do que o ano passado»

 - " FAZ PEDIDO ANTES DO ARRANQUE DA LIGA
Lito Vidigal mostrou-se otimista para o arranque da temporada 2014/15, admitindo querer melhorar em relação ao que foi feito na época transata, nomeadamente conseguindo um ano mais tranquilo.

"Queremos entrar em todos os jogos para vencer e fazer uma época mais tranquila do que no ano passado", começou por dizer o técnico, em antevisão à primeira partida da temporada, a disputar no domingo, em casa do Penafiel. "O que peço aos meus jogadores é que entrem em todos os jogos com mentalidade de vitória. Pensamos jogo a jogo", frisou.

Também chamado à sala de imprensa do Restelo, Bruno China deu conta do otimismo do grupo de trabalho dos azuis. "Queremos vencer o Penafiel para dar uma alegria aos nossos adeptos."

sexta-feira, Agosto 15, 2014

Serginho num impasse

 - " SAD ainda não confirmou aquisição
Serginho foi um dos jogadores que foi proposto ao Belenenses pelo Benfica, o detentor do passe. Nem era uma prioridade da SADcontratar um jogador para a posição de central, mas Serginho, em conversa com Record, admitiu a possibilidade de assinar pelo clube do Restelo, por empréstimo.

Fonte da sociedade anónima dos azuis, porém, não confirmou ao nosso jornal a chegada do defesa-central contratado pelos encarnados ao Bragança, admitindo apenas a proposta de empréstimo do Benfica, e também que o negócio não estava ainda formalizado. A confirmar-se a cedência de Serginho (20 anos), Lito Vidigal fica com 5 centrais no plantel, o que pode indicar que Palmeira – um dos jogadores que atua nessa posição – vai ser utilizado, preferencialmente, a lateral-direito. O que pode suceder também é um desses elementos (mais concretamente João Meira) ser negociado, algo que não está clarificado.

O técnico pediu, pelo menos, mais quatro reforços, por isso equaciona-se ainda a chegada de três. Pelé é um dos alvos, mas a cobiça de outros clubes está a dificultar o entendimento com o Milan, detentor do passe do internacional sub-20.

quinta-feira, Agosto 14, 2014

Chegada de Pelé em risco

Lito Vidigal (foto ASF)

- " O Belenenses tenta garantir o empréstimo do médio Pelé junto do Milan, mas não está sozinho na corrida pelo jogador, que também aufere um salário elevado, segundo diz A BOLA.

quarta-feira, Agosto 13, 2014

Pelé: «Quero regressar a casa»

 - " Médio do ac Milan dá prioridade aos Azuis
Enquanto Belenenses e Milan negoceiam a transferência de Pelé, o jogador admite que voltar a atuar no clube onde efetuou a formação é um desejo que acalenta há algum tempo. “A vontade é regressar a casa, pois o Belenenses é o meu clube. É onde quero estar”, frisa o médio internacional sub-20, que está a par do interesse dos azuis.

Pelé entende que até final desta semana já deverá haver novidades, e que até lá só lhe resta... esperar. “Como já referi, a expectativa passa por voltar. O meu empresário está a falar com o clube e, se o Milan me libertar, vou com todo o gosto. Quero começar tudo de novo no Belenenses, pois é o melhor rumo que posso dar à minha carreira”, acrescenta ainda o português.

O médio diz mesmo que, por ele, “já tinha começado a treinar-se”, pois não quer perder os primeiros jogos do campeonato, mas enquanto isso não acontece, Pelé garante que vai mantendo a forma com um “personal trainer”, embora “saiba que não é a mesma coisa”.

Defesa é prioridade. A SAD do Belenenses quer ainda contratar um defesa-direito antes do início do campeonato, e os seus responsáveis têm-se desdobrado em reuniões. Mas o mais provável é Lito Vidigal começar a 1.ª Liga com André Teixeira como única opção.

Pelé complica-se

Lito Vidigal ainda espera por reforços (foto ASF)

- " A oficialização de Pelé, médio do Milan, está mais difícil de se concretizar devido ao elevado vencimento do jogador, refere o jornal A Bola.

terça-feira, Agosto 12, 2014

Pelé regressa a Belém

Foto de Arquivo (foto ASF)
- " O médio Pelé vai reforçar o Belenenses, cedido até final da temporada pelo Milan, diz o jornal A Bola.

SAD procura reforço para a defesa

Foto de Arquivo (foto ASF)
- " Lito Vidigal ainda espera a contratação de um lateral direito isto porque neste momento só tem André Teixeira como opção para a posição, escreve o jornal A Bola.

Defesa-direito é prioridade

Teixeira é a única opção de raiz.
 - " Sad trabalha para satisfazer pedido de Lito
A uma semana do início da 1.ª Liga, a SAD do Belenenses continua ainda a tentar reforçar o plantel de Lito Vidigal. O treinador entende que ainda faltam jogadores e uma das posições que necessita de um reforço é a de defesa-direito.

Assim, a SAD considera prioritário encontrar um elemento para esse lugar e está no mercado, isto depois de falhada a contratação de Miguel Garcia, com quem os azuis do Restelo tinham um entendimento. O lateral, recorde-se, acabou por rumar à Índia, ao Northest United, pois assinou um pré-acordo ainda antes de conhecer o interesse do Belenenses.

Só uma opção de raiz

André Teixeira – que não jogou frente ao Mafra – é o único jogador de raiz que Lito Vidigal tem no plantel. Além do jovem, o treinador pode ainda recorrer a Palmeira, um central que também pode atuar nessa posição. A escassez de opções levou Lito, no particular com os mafrenses, a testar Adilson no mesmo lugar, ele que é um jogador que costumar jogar em zonas mais adiantadas